fbpx

Compromissos

Administração

Para que a APM continue defendendo os médicos paulistas e brasileiros em suas principais demandas – por valorização profissional, qualidade na assistência etc. – é imperioso que siga bem administrada, com responsabilidade, honestidade, competência e transparência.

Fazer mais, com austeridade e equilíbrio orçamentário, é essencial. Gastar menos do que a arrecadação; manter reservas financeiras de bom porte para imprevistos; e investir somente em projetos promissores, com começo, meio e fim, mantendo-se dentro das previsões orçamentárias, são boas práticas que norteiam e seguirão norteando o trabalho de nossas Diretorias na Associação Paulista de Medicina.

O patrimônio dos associados, a quem a Associação Paulista de Medicina realmente pertence, permanecerá sendo bem gerido, preservado e ampliado pela Chapa 1 – APM para os Médicos, sendo revertido e destinado a causas de interesse dos médicos, ampliação de serviços e benefícios.

Associativismo

Representar os interesses da classe médica, fortalecendo-a nos âmbitos político, científico e social, de forma a favorecer o bem-estar da sociedade, é nosso foco. É isso que fazemos e ainda aprimoraremos na gestão da APM.

Historicamente, uma sucessão de diretorias competentes, sérias e sensíveis a todos os pleitos dos médicos de São Paulo, com Eleuses Paiva, José Luiz Gomes do Amaral, Jorge Curi e Florisval Meinão, plantaram bons frutos que hoje colhemos.

A APM, além de uma Defesa Profissional atuante, deve ter sempre oportunidades acessíveis de atualização e acesso a novos conhecimentos, serviços, benefícios e estar sintonizada com os movimentos culturais e demográficos da classe.

Feminização e rejuvenescimento da Medicina são alguns dos fenômenos recentes assimilados via abertura de novos canais. A Associação Paulista de Medicina atua rotineiramente com lideranças desses dois universos para inserir cada vez mais as médicas e os profissionais em início de carreira no dia a dia da gestão, desde o debate até os processos decisórios.

Os jovens necessitam de condições e remuneração adequadas em sua entrada no mercado de trabalho. Igualdade salarial e de oportunidades às mulheres médicas é outra de nossas prioridades.

Defesa Profissional

Aqui temos o “coração” da Associação Paulista de Medicina em suas gestões do século XXI. Remuneração justa aos médicos nos sistemas público e privado, defesa dos atos privativos dos médicos, luta por tributação justa e que favoreça a manutenção de clínicas e consultórios, defesa da qualidade assistencial à população, de boas condições de trabalho para os médicos e carreira Federal no SUS são bandeiras que empunhamos elevadas, com dignidade e orgulho.

Por meio de pesquisas, passeatas, mobilizações e denúncias à imprensa, diversas ações da APM nos últimos anos sempre foram vanguarda na defesa dos médicos e diversas vitórias foram alcançadas com o apoio dos colegas do estado de São Paulo. Esse trabalho será cada vez mais forte. Novas conquistas virão.

Educação médica

Historicamente, a Associação Paulista de Medicina defende uma formação médica de qualidade. Somos convictos de que a abertura indiscriminada de faculdades de Medicina deve ser estancada já. Também deve haver revisão das escolas atualmente em funcionamento e do número de vagas ofertadas por cada uma delas. As que não possuem base adequada para uma formação de nível devem ser fechadas, pois em nada colaboram com a Medicina e a Saúde. Ao contrário.

Um exame obrigatório aos recém-formados deve ser instituído, de forma que apenas os aprovados recebam o registro profissional. A mesma lógica se aplica aos profissionais graduados no exterior, que devem obrigatoriamente comprovar capacitação para atender nossa população. Todos precisam passar por uma prova de revalidação de diplomas. Só os realmente capacitados podem ser autorizados a exercer a Medicina em nosso País.

A qualidade da residência médica é foco e merece permanente atenção da APM, para que tenhamos especialistas qualificados na linha de frente da Saúde.

Regionais

Sendo a capilaridade no estado de São Paulo uma característica e base da robustez da APM, nossas Regionais devem estar fortalecidas sempre – financeiramente e em termos de gestão.

Sedes bem cuidadas e acessíveis aos associados, eventos no interior, defesa da classe junto às Santas Casas, cooperativas e planos de saúde locais são alguns exemplos do que já vem ocorrendo e precisa prosseguir.

Os dirigentes da APM Estadual e de suas dezenas de Regionais também têm de atuar sempre em conjunto e estar em contato permanente – em reuniões, assembleias, eventos de planejamento estratégico etc.

As Regionais são as vozes dos médicos do Interior. Trabalharemos para que falem cada vez mais alto.

Serviços e benefícios

Comodidade para a vida profissional e pessoal do médico associado norteiam e devem continuar norteando os serviços e benefícios da Associação Paulista de Medicina.

Vantagens para a abertura e a manutenção de consultórios, descontos em serviços e produtos para os automóveis, seguros, viagens e outros são alguns exemplos do que já é oferecido e que deve ser ampliado sempre. Opções culturais e de lazer, além de eventos científicos, com condições especiais aos associados, são outras ações nesse sentido.

Nossa APM é para representar e cuidar bem dos médicos do estado de São Paulo.